web analytics

Qual Profissão seguir


Publicidade

Uma realidade comum entre os jovens é a época do vestibular, mas além de se preocupar em decorar fórmulas, datas e nomes, é necessário saber qual profissão seguir.

Uma ajuda possível: testes vocacionais.

O vestibular determina algo muito maior, a profissão que esse jovem poderá desempenhar pelo resto de sua vida.

Quando vai chegando o fim do ano e os vestibulares vão se aproximando chega um momento decisivo, escolher que curso fazer, e em consequência disto, qual profissão seguir. Ainda que as “vocações” modifiquem-se depois, ninguém faz a escolha pensando em errar.

Uma palavra importante que pode ajudar nessa decisão foi citada no parágrafo anterior, essa palavra é “vocação”. Segundo o dicionário, vocação é uma tendência ou inclinação natural para alguma atividade, nesse caso por uma atividade profissional.

 

TESTE SUA VOCAÇÃO PARA O TIPO DE PROFISSÃO

Qual Profissão seguir

Qual Profissão seguir

Muitos são os testes que podem ser feitos (tanto na internet ou mesmo com     profissionais especializados, como por exemplo, psicólogos) para que se defina ou ao menos se aponte alguma inclinação por alguma atividade profissional, são os     chamados “testes vocacionais”.




Os testes vocacionais são, normalmente, compostos de perguntas que não     necessariamente parecem estar diretamente ligadas a atividades profissionais, mas é a partir das respostas a estas questões que será possível fazer um diagnóstico que aponte uma propensão para alguma atividade profissional.

É necessário saber que os testes vocacionais não são “gurus”, ou seja, não irão definir com certeza absoluta que profissão o jovem deve seguir.

O que esses testes apontam são inclinações, ou seja, a identificação do jovem para determinada área profissional.

Esse é outro ponto importantíssimo, os testes vocacionais não indicam a     inclinação do jovem para alguma profissão específica, mas sim para uma área profissional.

Normalmente as áreas são divididas entre Humanas (Ex: Direito, Ciências Sociais), Biológicas (Ex: Medicina, Enfermagem) e Exatas (Ex: Engenharias, Matemática).

Portanto, dentro da área apontada pelo teste, é necessário que o jovem perceba por conta própria uma identificação maior com determinada profissão.

O teste vocacional pode ser um instrumento muito importante na escolha feita pelo jovem se for bem utilizado.

Portanto é preciso vê-lo não como uma definição absoluta do que o jovem deve seguir, mas sim como mais um instrumento de ajuda, que não substitui os sentimentos, as vontades e a vocação interna de cada um, fatores essenciais para que seja feita uma boa escolha de carreira, seja como estudante, seja como profissional.










Deixe seu Comentário »