web analytics

Sistema Linfático – Principais Funções

     

O sistema linfático é composto por órgãos e dutos. Ele transporta um líquido aquoso transparente chamado linfa.

O sistema linfático é composto por órgãos e dutos. Ele transporta um líquido aquoso transparente chamado linfa.

Este líquido distribui células do sistema imunológico e outros fatores ao longo do corpo. Ele também interage com o sistema circulatório do sangue para drenar o líquido das células e tecidos.

O sistema linfático contém células do sistema imunológico, chamadas linfócitos, que protegem o organismo contra antígenos (vírus, bactérias, etc) que invadem o corpo. As mais importantes funções do Sistema Linfático serão listadas abaixo:”Para coletar e retornar líquido intersticial, inclusive proteínas do plasma ao sangue, e, assim, ajudar a manter o equilíbrio de fluidos, para defender o organismo contra a doença através da produção de linfócitos, para absorver os lipídios do intestino e transportá-los para o sangue.”

 

PRINCIPAIS FUNÇÕES DO SISTEMA LINFÁTICO

ÓRGÃOS LINFÁTICOS

Sistema linfático

Sistema linfático

Incluem a medula óssea, gânglios linfáticos, baço e timo. Células precursoras da medula óssea produzem linfócitos. Linfócitos B (células B) amadurecem na medula óssea.

Os linfócitos T (células T) amadurecem na glândula do timo.

Além de proporcionar um “lar” para os linfócitos (células B e células T), os dutos do sistema linfático fornecem o transporte de proteínas, gorduras e outras substâncias no meio chamado linfa.

 

LINFONODOS:

Gânglios linfáticos humanos são em forma de feijão e variam em tamanho de poucos milímetros em seu estado normal.

Eles podem se tornar maiores devido a um tumor ou infecção. Os glóbulos brancos estão localizados dentro de estruturas dos gânglios linfáticos. Os linfonodos são ampliados quando o corpo é infectado, devido à produção aumentada de algumas células e divisão de T ativados e células B.

 

LINFA

É basicamente o líquido e proteína que foi expelido para fora do sangue (plasma sanguíneo, por exemplo).

Estes capilares linfáticos são muito permeáveis, porque não estão sob pressão do fluido linfático podendo escoar facilmente a partir do tecido para os capilares linfáticos.

“Ao contrário do sistema cardiovascular, o sistema linfático não está fechado e não tem bomba central.”

As diferenças entre os vários tecidos linfáticos afetam significativamente a forma de imunidade e se referem a como antígenos (bactérias, vírus, fungos, etc) são adquiridos por estes órgãos.

 

LINFOMA

É uma doença na qual os linfócitos malignos crescem rápido demais ou vivem muito tempo. Estas células podem, então, acumular-se nos gânglios linfáticos ou outras áreas do sistema linfático para formar tumores.

Quando estas células se acumulam nos gânglios linfáticos é muitas vezes chamada de ADENOPATIA.

Os gânglios linfáticos podem aumentar ou diminuir de tamanho, por muitas razões, incluindo a resposta ao tratamento, a progressão do linfoma, a regressão espontânea de linfoma, linfoma de ativação imune contra a infecção, ou a resolução da infecção e assim por diante.

Portanto, a imagem do linfoma é apenas uma estimativa da resposta ao tratamento e orientação à doença.

Por: Antônio Ventura – Em: Biologia & Vida

Você pode usar este conteúdo no seu website para ajudar a difundir esse conhecimento. Tudo que nós pedimos é que você coloque um link de volta para nós na página onde você está incluindo esse artigo.

Deixe seu Comentário »