web analytics

Andropausa


Publicidade

Andropausa é uma condição particular semelhante à menopausa que afeta homens e é um mistério sobre o motivo pelo qual esta condição acontece. A menopausa masculina é chamada de Andropausa. Durante anos, as pessoas foram ouvir e aprender sobre a menopausa e como lidar com ela.

Homens e mulheres são educados sobre esta condição natural que afeta as mulheres quando atingem uma certa idade, a fim de lidar adequadamente com ela e aceitá-la como uma condição natural.

Andropausa é uma condição que afeta homens que é muito similar à menopausa das mulheres. Esta condição é causada por níveis baixos de testosterona em homens e é considerada como a menopausa masculina e que afeta os homens quando atingem uma certa idade. Quando os homens atingem seus 50 anos, Andropausa é definida como a cessação natural da função sexual.

Os sintomas da Andropausa são muito semelhantes à menopausa. Eles incluem: fadiga, depressão, diminuição da atividade sexual, e irritabilidade. Surpreendentemente, esta mudança tem sido sempre ignorada e é considerada como uma fase normal na vida de um homem.

 

Verdades sobre os mistérios da Menopausa Masculina “Andropausa”

Pode ser uma coisa normal, mas isso não significa que o homem deve sofrer muito a partir desta mudança.

Andropausa 1

Andropausa 1

Pesquisadores sugerem que a Andropausa é provocada pelo excesso de álcool, estresse, sobrepeso, vasectomia, falta de exercício e envelhecimento. Devido a isso, os pesquisadores também começaram a procurar métodos de tratamento para reduzir os efeitos da Andropausa.

Uma solução para o problema é a Terapia com testosterona ou TRT. Este tratamento mostrou resultados promissores em aliviar efetivamente os sintomas da Andropausa. Adicionando a isso, ele também restaura a saúde sexual, e a potência. Incluindo também uma renovada vitalidade e senso de virilidade quando o paciente é submetido ao tratamento de forma correta, no momento certo e em doses corretas.




Você tem que perceber o fato de que a tendência natural dos homens, nos primeiros anos da sua vida é ficar preocupado principalmente com sua carreira, dinheiro e poder. Muitas vezes, os homens ignoram e negligenciam a família e os amigos para se concentrar mais na carreira. No entanto, nos últimos anos de sua vida, quando chega a Andropausa, eles se tornam mais maternal, como se fizesse uma mudança do papel paterno para se tornar com atitudes como se fossem as mães.

Surpreendentemente, os homens nem sequer sentem as alterações que estão acontecendo neles próprios e digo mais. As mulheres geralmente dizem aos médicos sobre esta mudança que os seus maridos estão enfrentando.

Em resposta à queda nos níveis de testosterona no corpo, os homens irão ter experiências como, suores noturnos, e palpitações.

Quando os homens visitam seus médicos relatam seus sintomas, o médico irá verificar se há normalmente Andropausa examinando as seguintes condições:

• Perda de pêlos nas axilas.
• Quantidade mínima de relação sexual.
• Disfunção erétil ou impotência.
• retração dos testículos.
• A diminuição da força muscular.
• Depressão.
• Constante fadiga ou cansaço.
• Baixa contagem de esperma.
• A diminuição da densidade óssea.

 

Tratamento da Andropausa

Andropausa

Andropausa

Além do tratamento de testosterona, os homens devem tomar as medidas necessárias a fim de diminuir os efeitos da Andropausa. O primeiro passo no tratamento é a aceitar a situação. Uma vez que os homens aceitaram a situação será mais fácil para eles se tratar.

O próximo passo é o de ensiná-los a controlar a si mesmos para desistir de fumar e não abusarem de álcool, uma vez que o corpo está passando por mudanças. Devem também aprender a relaxar e descansar bem.

Estas são as coisas que os homens devem fazer quando chegar a fase da andropausa na vida. Esta situação é inevitável e afetará os homens quando eles atingirem uma certa idade. Melhor é aceitar e viver a vida ao máximo e não ficar se queixando de não conseguir vestir mais aquele manequim ou de ser incapaz de ter relações sexuais.










Deixe seu Comentário »