Nutrição & Saúde

Segredos do Acemannan


Sabemos agora que um dos ingredientes ativos da Babosa é o carboidrato complexo, chamado “acemannan”.

Este ingrediente tem demonstrado ser um tratamento eficaz para várias formas de vírus e também aumenta a capacidade do sistema imunológico.

O Gel da Aloe vera (nome científico da planta conhecida como babosa), contém alto teor de uma substância chamada Acemannan.

Sua estrutura química é representada por uma longa cadeia em forma de sacarídeos (açúcares) e pertence ao grupo dos mucopolissacarídeos.  Acemannan é uma substância produzida pelo nosso corpo até o período da puberdade. Após esta fase ela precisa ser absorvida através da alimentação. Acemannan é parte constitutiva de todas as membranas celulares e sua presença é o que faz aumentar a resistência imunológica do organismo contra parasitas, vírus e bactérias causadores de enfermidades.

 

Os segredos do Acemannan

Segredos do AcemannanO Acemannan é a base de todas as células do tecido conjuntivo, inclusive a pele, as mucosas, os tendões, articulações, as cartilagens e a parte de que se originam os ossos.

Acemannan é particularmente essencial ao perfeito funcionamento do líquido sinovial, que é a substância do organismo presente nas articulações. Pode prevenir a ocorrência de afecções como a artrite, e em casos agudos, podendo curar. Promove a absorção de água e nutrição do trato digestivo.

O Dr. John C. Pittman explica em seu relatório de pesquisa em “Health Consciousness” (vol.13, no. 1/1992), o seguinte: “Acemannan possui propriedades antivirais, antibacterianas e antimicóticas, que podem ajudar a controlar infestações por Cândida e estabilizar a flora bacteriana dos órgãos digestivos”.

Acemannan estimula a movimentação dos órgãos digestivos e contribui para a eliminação, pelo intestino grosso de proteínas estranhas causadora de alergias.

 

Acemannan e o sistema imunológico

Acemannan tem efeito direto sobre as células do sistema imunológico. Ativa e estimula

Segredos do Acemannan
Segredos do Acemannan

macrófagos, monócitos, anticorpos e também linfócitos T (células cujo papel é aumentar a resistência imunológica do organismo).

Experimentos de laboratório mostram que Acemannan serve de ponte entre proteínas estranhas e macrófagos (células matadoras) e favorece uma enormidade a captação dessas proteínas estranhas pelos macrófagos.

Esta função de ponte funciona como chave para o fortalecimento imunológico do núcleo celular, que em infecções, tal como HIV/AIDS estão em quantidade insuficiente.

Células protegidas pela presença de Acemannan não mais podem ser destruídas pelos vírus agressivos da AIDS/HIV. Os leucócitos recebem da Acemannan a mesma proteção.

Acemannan quebra a capa das proteínas de células cancerosas. Desta forma, células defensoras podem agredir e eliminar efetivamente as células e tumores (do câncer, por exemplo). Acemannan protege a medula contra os prejuízos causados por venenos químicos e drogas impregnadas.

Por estar presente na membrana celular, o Acemannan pode proporcionar esta abrangente função imunológica e propicia a um só tempo, tanto a desintoxicação como a atividade preventiva contra doenças. Essa desintoxicação influencia em todo o corpo, e tem como conseqüência uma enorme energização.

A força imunológica de Acemannan encontra-se também nas raízes de Ginseng, Astragalus (erva chinesa), cogumelos Reishi e Shiitake, como também na famosa barbatana de tubarão.

Além destes principais efeitos do Acemannan, encontramos ainda no Gel da Babosa as seguintes substâncias: mais de 13 mucopoli e monopolissacarídeos, 11 antraquinonas, 20 espécies de sais minerais, 12 vitaminas, 15 enzimas, 18 aminoácidos (7 essenciais e 11 secundários), 4 ácidos graxos essenciais, saponinas, ligninas e óleos etéricos.

 

Curas através dos recursos da Natureza

Nosso corpo é formado por muitos sistemas inter-relacionados: sistema digestivo, respiratório, circulatório, imunológico e outros. As emoções que nos animam, participam do complexo sistema psíquico. Em algumas visões, existem também sistemas transcendentes ou espirituais que interagem com nossa biologia e psique.

Nessa perspectiva, o quadro clínico chamado “doença”, advém do desequilíbrio ou desarmonia na relação entre todos esses sistemas.

A cura dos sintomas ou de suas causas é buscada e realizada através de variadas práticas curativas, como: medicina alopata, homeopata, ortomolecular e oriental e terapias psicológicas. A eficácia relativa de cada uma delas depende da maestria do terapeuta, da crença do paciente e da adequação da intervenção proposta.

É na natureza que estão as fontes de equilíbrio e harmonia. As áreas biomédicas e bioquímicas já reconhecem, em várias plantas, substâncias que atuam na recuperação do equilíbrio do nosso corpo, reduzindo ou eliminando as manifestações das chamadas “doenças”.

Entretanto, algumas curas realizadas pelas plantas não se explicam apenas pela presença dessas substâncias. Existe algo mais, seja na proporção quantitativa entre elas, seja em princípios ativos nelas contidos, ainda não estudados e reconhecidos pela medicina ou pela bioquímica.São curas inegáveis.

A Babosa é uma das plantas conhecidas, desde a antigüidade, por suas propriedades curativas quase miraculosas, em muitas circunstâncias. Por exemplo, o suco da babosa tem feito desaparecer sintomas, ou mesmo curado, muitas doenças sistêmicas como: reumatismo, artrite, artrose, osteoporose, bursite, gastrite, diverticulite, hemorróidas e outras, além de afecções de pele, como psoríase, acne, manchas, lúpus, etc.

Além de vitaminas, minerais e aminoácidos, descobriu-se, recentemente, que a babosa contém Acemannan, uma substância que produzimos em nosso corpo somente até a puberdade.

Ela participa ativamente dos tecidos epiteliais, do líquido sinovial contido em nossas juntas e na dinâmica das células fagócitas do Sistema imunológico. Provavelmente é pela ação do Acemannan que a babosa influi no fortalecimento do Sistema Imunológico, tão importante nos processos de cicatrização e de combate a infecções.

Mas, as inúmeras e miraculosas curas que a Babosa tem realizado, ao redor do mundo, transcendem à capacidade curativa, até agora conhecida, de suas substâncias, tendo ainda muita coisa a ser aprendida sobre outros benefícios dessa planta.

Edição: Antônio Ventura Em: Nutrição e Saúde

 

               

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *