Biologia & Vida

Níveis de Organização Biológica


Nosso ambiente ou (organização biológica) é um “saco cheio” de componentes que são diferentes uns dos outros, ainda são mutuamente dependentes uns dos outros.

Os componentes são os vivos e não vivos e desempenham um papel vital em seu próprio domínio. Com qualquer um dos componentes ausentes, a organização chamada biológica vai sofrer.

Em todos os níveis de organização biológica, os componentes individuais são responsáveis por tudo que tornam a vida possível. Seria injusto estabelecer uma distinção entre cada um destes componentes, quanto ao seu grau de importância.

Como disse, cada componente tem sua própria importância no seu próprio lugar e é igualmente dependente dos outros componentes, que também são importantes para a organização biológica.

Então aqui vai uma descrição de cada um dos componentes que compõem os níveis de organização biológica.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA DO MENOR PARA MAIOR

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – PARTÍCULAS SUBATÔMICAS

Níveis de Organização Biológica
Níveis de Organização Biológica

Estas partículas são menores que o átomo de uma substância. Prótons, nêutrons e elétrons são partículas subatômicas principais que residem em uma substância.

Prótons são partículas carregadas positivamente e os nêutrons são de carga menor. Estas residem no interior do núcleo do átomo. Os elétrons são partículas carregadas negativamente e giram em torno do núcleo em certos níveis de energia.

Um fóton é um quantum de energia eletromagnética, possui zero de massa e energia de repouso e se move com a velocidade da luz.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – ÁTOMOS

Átomos são definidos como a menor unidade ou os blocos básicos da matéria que compõe todos os objetos. Os átomos são constituídos por igual número de prótons e elétrons.

No entanto, poderá haver uma diferença no número de nêutrons entre dois átomos do mesmo elemento. O centro do átomo é ocupado por aquilo que é conhecido como o núcleo, composto de prótons e nêutrons. Elétrons mantêm em órbita ao redor do núcleo.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – MOLÉCULAS PEQUENAS

Maiores moléculas são compostas de alguns blocos e estes blocos são atribuídos a pequenas moléculas. Exemplos de tais moléculas são aminoácidos, ácidos graxos, glicose, etc.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – MACROMOLÉCULAS

Consistindo de subunidades muitas macromoléculas são definidas como moléculas grandes ou gigantes que povoam uma célula e fazem as funções importantes da vida. Exemplos disso são os carboidratos, lipídios, proteínas, ácidos nucléicos, etc

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – ORGANELAS

É uma parte especializada de um celular. Exemplos é o núcleo, retículo endoplasmático, mitocôndrias, etc.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – CÉLULA

Todos os organismos vivos nos níveis de organização biológica são constituídos por unidades estruturais e funcionais chamadas células. Por exemplo, bactérias, amebas, arqueobactérias, etc, são todos os organismos unicelulares.

Seres humanos e muitos outros organismos são multicelulares, podem ter em torno de 100.000.000.000.000 células!

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – TECIDO

Cada tecido é atribuído a um conjunto particular de funções no corpo do organismo vivo. Tecido conjuntivo, tecido muscular, tecido nervoso e tecido epitelial são os tecidos de animais, enquanto os tecidos meristemáticos e tecidos permanentes são aquelas das plantas.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – ÓRGÃOS

Agora, quando os diferentes tipos de tecidos estão organizados e agrupados, formam o que é conhecido como um órgão. Esses tecidos permitem que um órgão especial realize sua tarefa específica. Exemplos é o coração, pulmões, rins, estômago, etc

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – SISTEMA DE ÓRGÃOS

Um sistema do órgão consiste em um grupo de órgãos que se destinam a realização de um amplo conjunto de funções, nomeadamente em organismos multicelulares. Um número de órgãos trabalha em conjunto como uma única unidade.

Por exemplo, o sistema circulatório funciona com a ajuda de coração, sangue e vasos sanguíneos.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – ORGANISMO

Plantas, animais, seres humanos, bactérias, etc, e qualquer forma de vida é conhecido como um organismo. Pode ser considerado como o quadro completo de sistemas de órgãos, órgãos, organelas e todos os outros componentes que trabalham em sua própria maneira específica, a fim de realizar os diversos processos da vida.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – POPULAÇÃO

Agora chegamos a uma maior parte dos níveis de organização biológica. Um grupo de organismos inter-reprodutores da mesma espécie que habitam uma determinada área é denominado como uma população. Por exemplo, a população de ratos em um celeiro.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – ESPÉCIE

Chegamos ao quarto último dos níveis de organização biológica. Espécies é apenas um termo dado para definir um tipo específico de organismo. Por exemplo, os seres humanos são uma espécie que é diferente das outras espécies de animais ou plantas.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – COMUNIDADE

Um grupo de organismos que interagem de diferentes espécies que vivem em uma determinada área é denominada como uma comunidade.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA –  ECOSSISTEMA

Um ecossistema é formado por dois componentes bióticos ou abióticos do ambiente, tais como o clima, paisagens, animais e plantas, interação de um grupo de organismos e seu ambiente, etc. Por exemplo, os lagos, rios, florestas, um estuário, e um campo.

 

NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA – DA BIOSFERA

Aqui chegamos à última de todos os níveis da organização biológica conhecida como a biosfera. É simplesmente definida como as regiões sobre, abaixo e acima da superfície e atmosfera da Terra, onde existem organismos vivos.

A biosfera pode variar entre a atmosfera em ambientes muito frios e das aberturas de profundidade das profundezas do oceano para ambientes muito quentes.

               

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *