Doenças e Enfermidades

Fibrose Pulmonar


A fibrose pulmonar é um termo médico usado para descrever o espessamento e cicatrizes profundas no interior dos pulmões. A fibrose pulmonar é vista como um resultado de muitos tipos de condições.

Estas condições foram divididas em um grupo conhecido como doenças pulmonares intersticiais (ILDS). ILDS também são às vezes chamadas de fibrose pulmonar intersticial, embora nem todas as doenças pulmonares intersticiais realmente causam fibrose.

SINTOMAS DA FIBROSE PULMONAR 

A fibrose pulmonar é o resultado final da inflamação de longa duração e um acúmulo anormal de colágeno nas estruturas de apoio do pulmão (o tecido intersticial). Os sintomas mais comuns de fibrose pulmonar são falta de ar, tosse seca que não vai embora. Outros sintomas que uma pessoa pode desenvolver ao longo do tempo incluem:

* Dores musculares e nas articulações.
* Gradual, perda de peso involuntária.
* Cansaço.
* A sensação geral mal (mal-estar).
* Ampliação dos dedos das mãos ou dos pés, que é chamado clubbing.

Quando o quadro se agrava, uma pessoa pode desenvolver outras condições potencialmente fatais, incluindo:

* Insuficiência respiratória
* A hipertensão arterial (pressão alta)
* Insuficiência cardíaca congestiva.

 

QUAL A CAUSA DA FIBROSE PULMONAR?

Fibrose Pulmonar  2
Fibrose Pulmonar 2

Não existem causas conhecidas da lesão pulmonar vistas na fibrose pulmonar.

ESSAS CAUSA INCLUEM:

* A exposição prolongada aos profissionais e / ou inalantes ambientais, tais como poeiras orgânicas ou inorgânicas, e uma variedade de gases irritantes ou tóxicos.
* Determinados antibióticos e quimioterápicos
* A radiação, como o utilizado para tratar câncer de mama.

Há muitas outras condições em que a causa da fibrose pulmonar não é conhecida. O mais comum é a fibrose pulmonar idiopática. Outras condições que estão associadas com fibrose pulmonar, mas quando a causa não é conhecida incluem:

 

AS DOENÇAS DO COLÁGENO, TAIS COMO:

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES).
A artrite reumatóide.
O espondilite anquilosante.
A esclerose sistêmica.
A síndrome de Sjogren.
Sarcoidoses

 

Fibrose Pulmonar  3
Fibrose Pulmonar 3

                       
DIAGNÓSTICO DA FIBROSE PULMONAR

Para diagnosticar a fibrose pulmonar, um profissional de saúde irá fazer uma série de perguntas, realizar um exame físico e recomendar certos testes.

Alguns destes testes podem permitir que o seu médico obtenha uma amostra de tecido pulmonar, que depois é analisada sob um microscópio.

Analisar as amostras de tecido de vários lugares em seus pulmões em um microscópio é a melhor maneira para seu médico diagnosticar a fibrose pulmonar.

A videotoracoscopia é normalmente o procedimento que os prestadores de cuidados de saúde utilizam para recolher os tecidos.

Para este procedimento, o prestador de cuidados de saúde insere um tubo pequeno, iluminado com uma câmera (endoscópio) para o tórax através de pequenas incisões entre as costelas.

O endoscópio fornece uma imagem de vídeo dos pulmões e permite que o prestador de cuidados de saúde colete amostras de tecido. Este procedimento deve ser feito no hospital, sob anestesia geral.

 

TRATAMENTO

Fibrose Pulmonar
Fibrose Pulmonar

Hoje, cientistas estão começando a entender melhor o que causa a fibrose pulmonar, e pode diagnosticá-la mais rapidamente. Eles também estão estudando vários medicamentos que podem retardar o progresso da doença.

Estes esforços devem levar mais tempo e melhor qualidade de vida para as pessoas que a têm.

No tratamento para a fibrose pulmonar não é possível remover cicatrizes que já aconteceram. Assim, diagnosticar e tratá-la o mais cedo possível (antes das cicatrizes) é muito importante.

O principal tratamento para a fibrose pulmonar é a medicação, como a prednisona, para reduzir a inflamação. Muitos profissionais da saúde também adicionam uma droga para suprimir o sistema imunológico do organismo.

Estes tratamentos podem prevenir novas cicatrizações e aumentar o tempo de sobrevida em algumas pessoas, mas eles não funcionam para todos.

Os profissionais de saúde também podem recomendar a terapia de oxigênio, reabilitação pulmonar e / ou transplante de pulmão.

 

PROGNÓSTICO PARA A FIBROSE PULMONAR

Não há cura para a fibrose pulmonar, e seus efeitos variam de pessoa para pessoa. Em algumas pessoas, o tecido pulmonar rapidamente se torna espesso e rígido, enquanto em outros, o processo é muito mais lento.

 

PARA ALGUMAS PESSOAS O ESTADO PERMANECE HÁ ANOS.

Muitas pessoas vivem apenas cerca de dois a cinco anos após o diagnóstico. A causa mais comum de morte relacionada à fibrose pulmonar é a insuficiência respiratória. Outras causas incluem:

* A hipertensão arterial (pressão alta).
* Insuficiência cardíaca congestiva.
* Embolia pulmonar.
* Pneumonia.
* O câncer de pulmão.

               

7 comments


  1. Minha mãe tem fibrose ha três anos e meio, sente muita falta de ar. Os médicos dizem que sempre está na mesma, não ha aumento da cicatriz, e ela não faz uso de nenhum medicamento. Fiquei muito preocupada com esta média de cinco anos de vida. Será que ela só vai viver mais um ano e meio.Ela tem 76 anos?


  2. Shirley.

    Isso é muito sério, siga os conselhos do médico do seu pai.
    Já perdi uma irmã com essa doença.

    Realmente é muito sofrimento.

    Abraços.


  3. Meu pai esta com o sintomas de tosse seca e cansaço a 2 meses e foi feito exames e diagnosticado essa doença,estamos sofrendo muito,pois a médica disse que ele viveria so por 6 meses,ela me disse ontem.

    Obrigado pela informação.


  4. Muito bom a explicação sobre Fibrose Pulmonar.

    Parabéns pela matéria.
    Adorei.


  5. Infelizmente minha avó morreu de fibrose pulmonar, essa explicação esta perfeita, e para quem ve esses comentarios e que tem a doença forças não desista.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *