Doenças e Enfermidades

Males da Osteoporose


A osteoporose é uma doença na qual os ossos se tornam frágeis e mais propensos a quebrar. Literalmente significa “osso poroso”, que resulta em um aumento na perda de massa óssea e força.

A DOENÇA GERALMENTE PROGRIDE SEM SINTOMAS OU DOR.

Se não for prevenida ou se não for tratada, a osteoporose pode progredir sem dor até uma quebra do osso. Esses ossos quebrados, também conhecidos como fraturas, ocorrem tipicamente no quadril, coluna e punho, fraturas no quadril e fraturas de coluna vertebral em particular, podem ter conseqüências graves.

Embora a osteoporose ocorra em homens e mulheres, as mulheres têm quatro vezes mais chances de desenvolver a doença do que homens. Felizmente, existem medidas que podem ser tomadas para prevenir a osteoporose. E se você tem a doença, tratamentos, incluindo medicamentos de prescrição, também pode diminuir a taxa de perda óssea.

 

NECESSITAMOS DE CONHECIMENTO DE ANATOMIA.

Males da Osteoporose
Males da Osteoporose

Nossos ossos fornecem suporte estrutural para os músculos, protegem órgãos vitais e armazenam cálcio e outros minerais. Os ossos são feitos de vida, o tecido em crescimento.

Eles são feitos principalmente de colágeno, uma proteína que proporciona um quadro suave, de fosfato e de cálcio, um mineral que adiciona força e endurece o osso.

Esta combinação de colágeno e cálcio torna os ossos fortes e resistentes para suportar o estresse.

Mais de 99 por cento do cálcio do organismo está contido nos ossos e dentes. (O restante 1 por cento é encontrado no sangue.) Uma camada externa de osso cortical ou denso encerra o osso trabecular ou esponjoso.

Quando o corpo precisa de cálcio, este se decompõe e o osso recria. Este processo, chamado de “remodelagem óssea”, abastece o organismo com cálcio necessário e ao mesmo tempo mantem os ossos fortes. Os ossos estão constantemente mudando, pois eles podem se curar e podem ser afetados pela dieta e exercício.

Quando a osteoporose ocorre, os “buracos” no tecido ósseo esponjoso crescem mais e mais numerosos, enfraquecendo a estrutura interna do osso.

Pense em seus ossos como uma conta poupança. Você deve cuidar dessa conta pois caso contrário ela se enfraquece.

 

CAUSAS DA OSTEOPOROSE

Males da Osteoporose  2
Males da Osteoporose 2

Os anos críticos para a construção da massa óssea são de antes da adolescência, até cerca de 30 anos.

Então, depois de cerca de 35, como parte do processo natural de envelhecimento, os ossos começam a quebrar mais rápido do que um novo osso pode ser formado.

Nas mulheres, acelera a perda óssea após a menopausa, quando os ovários param de produzir estrógeno – o hormônio que protege contra a perda óssea.

Os homens que têm baixos níveis de testosterona tomam prednisona, usam bebidas alcoólicas em excesso ou fumam muito, ou que tenham outras condições médicas, tais como pedras nos rins (que são associados com a perda de cálcio na urina) estão em risco para a osteoporose.

Quando a osteoporose ocorre, os “buracos” na “esponja” crescem mais e mais numerosos quanto à massa óssea é perdida em um ritmo acelerado, o enfraquecimento da estrutura interna do osso. Isso prepara o palco para as fraturas.

 

OS  FATORES DE RISCO

Mulheres com mais de 50 anos de idade têm maior risco de desenvolver osteoporose. Mulheres têm a experiência rápida de perda óssea durante cinco a 10 anos após a menopausa, desde que a menopausa diminui a produção de estrogênio, um hormônio que protege contra a perda óssea em excesso.

A osteoporose é menos comum em homens, mas 20 por cento de todas as fraturas de quadril ocorrem em homens.

IDADE:
O risco de osteoporose aumenta com a idade.

RAÇA:
Mulheres caucasianas e asiáticas são mais propensas a desenvolver osteoporose.

 

ESTRUTURA ÓSSEA E PESO CORPORAL:

Pequenas pessoas e magras (com peso corporal inferior a 60 K) têm um risco maior de desenvolver osteoporose, porque elas têm menos ossos do que as pessoas com mais peso.

 

A HISTÓRIA DA FAMÍLIA:

Se seus pais ou avós tiveram quaisquer sinais de osteoporose, como uma fratura do quadril após uma queda menor, você pode ter um risco maior de desenvolver a doença.

 

MEDICAMENTOS:

Alguns medicamentos, incluindo algum corticosteroide e anticonvulsivantes, resultam em efeitos colaterais que podem danificar os ossos e levar à osteoporose.

 

TESTOSTERONA:

homens com baixos níveis deste hormônio são mais propensos a desenvolver osteoporose.

 

CAUSAS DA OSTEOPOROSE

 

CAUSAS, INCIDÊNCIA E RISCO

Males da Osteoporose  3
Males da Osteoporose 3

   A osteoporose é o tipo mais comum de doença óssea.

Estima-se que 10 milhões de americanos têm osteoporose, bem como outros 18 milhões que têm baixa massa óssea ou osteopenia, que pode eventualmente levar a osteoporose se não for tratada.

Os investigadores estimam que cerca de um em cada cinco mulheres com idade acima de 50 anos tem osteoporose. Cerca de metade das mulheres acima dos 50 anos terá uma fratura do quadril, punho ou vértebras (ossos da espinha).

A osteoporose ocorre quando o corpo não está suficiente saudável para formar um novo osso, quando muito o cálcio é reabsorvido pelo organismo.

Fosfatos de cálcio são dois minerais que são essenciais para a formação normal do osso. Durante a juventude seu corpo utiliza esses minerais para produzir ossos. Se você não começar bem cedo, ou se seu corpo não absorver cálcio suficiente na dieta, a produção de osso e tecido ósseo pode sofrer.

Normalmente, a perda de massa óssea ocorre gradualmente ao longo dos anos. Muitas vezes, uma pessoa terá uma fratura antes de se tornar consciente de que a doença está presente. No momento em que isso ocorre, a doença está em seus estágios avançados e os danos são graves.

As principais causas da osteoporose é uma diminuição nos níveis de estrogênio em mulheres na época da menopausa e queda de testosterona nos homens. Mulheres, especialmente aquelas com idade acima de 50 anos, começa a ter osteoporose mais freqüentemente que os homens.

 

OUTRAS CAUSAS INCLUEM:

* Ser confinado a uma cama.
* Síndrome de Cushing.
* O excesso de níveis de corticosteroides devido ao uso contínuo de medicamentos para asma, certas formas de artrite ou doenças de pele, e DPOC.
* Hipertireoidismo.
* Hiperparatiroidismo.
* Artrite reumatoide e outras condições inflamatórias.

As mulheres brancas, especialmente aquelas com história familiar de osteoporose, têm um risco maior que a média de desenvolver osteoporose. Outros fatores de risco incluem:

* Ausência de períodos menstruais (amenorreia).
* Beber grande quantidade de álcool.
* Menopausa precoce.
* Os transtornos alimentares.
* História familiar de osteoporose.
* Baixo peso corporal.
* Fumar.
* Pouco cálcio na dieta.
* Uso de certos medicamentos, incluindo esteroides e de drogas anticonvulsivantes.

               

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *