web analytics

Cuide Bem do seu Coração


Publicidade

Hoje em dia, as doenças cardiovasculares, são uma preocupação mundial. As doenças do coração são as causadoras de grande número de mortes, principalmente nas grandes cidades. Já é prioridade para muitos governos e toda a população mundial, a prevenção destas doenças.

Cada vez mais, a Hipertensão Arterial é associada a ataques cardíacos e derrames cerebrais. E quando a Hipertensão está associada à obesidade, tabagismo e outros fatores de risco, o infarto do miocárdio multiplica-se várias vezes.

O fumo é o mais grave. O maior inimigo do coração. Está ligado à maior incidência das doenças das artérias coronárias. Sem mencionar os outros males causados pelo fumo.  O colesterol é outro grande vilão, nos dias atuais. Com o aumento dos níveis de colesterol, surge a obstrução das artérias coronárias chamadas de “aterosclerose”, levando ao surgimento de Angina Pectoris, Infarto do Miocárdio e Morte súbita. É de suma importância, saber os níveis de colesterol sanguíneo que circula em nosso organismo. Abaixo de 200mg% está normal. Acima de 240mg% já é risco.

 

Estudos comprovam que, quem sofre ataque cardíaco apresenta um ou mais fatores de risco:

Hipertensão Arterial

-Tabagismo

-Diabetes

Colesterol

Aumentado-Stress

Fatores Genéticos

-Obesidade

-Sedentarismo

 

ESTE DEVE SER O PRIMEIRO A SER BANIDO DO NOSSO DIA -A- DIA.

Fumo e Sedentarismo

 

OUTRO FATOR DETERMINANTE PARA O CORAÇÃO É O STRESS.

Cuide Bem do seu Coração

Cuide Bem do seu Coração

Conhecido como mal da vida moderna, o stress faz surgir ou agravar os problemas no coração. Na correria dos dias de hoje, se não podemos afastar o stress de nosso convívio precisamos aprender a lidar com ele.

Ser determinado para ter lazer, descanso, convívio social e familiar. Exercícios ao ar livre, caminhadas, tudo isto é fundamental.

A obesidade que é tratada como problema de estética precisa ser eliminada principalmente, pelos riscos que provoca. Dieta, exercícios, tudo com ponderação, mas com perseverança. Independente de sua causa, a obesidade deve receber toda a atenção e cada caso deve receber orientação correta.

A Organização Mundial de Saúde decretou combate ao sedentarismo como fator da mais alta prioridade. A vida sedentária é o primeiro passo para a obesidade, para a aterosclerose e doenças a ela relacionadas.

 

A ATITUDE DE CADA UM É FUNDAMENTAL PARA TER UMA VIDA SEM SEDENTARISMO.

Hoje já se sabe que, o surgimento de diabetes em adultos está associado ao aumento das doenças cardiovasculares. Sendo assim, a prevenção e tratamento é fator decisivo para evitar doenças cardiovasculares.

E o fator genético também não pode ser esquecido. Se pai, avô, etc., sofriam do coração, você tem predisposição ao problema. Não obrigatoriamente, mas é sempre bom manter os exames atualizados.

A ALIMENTAÇÃO é uma grande ajuda, pouco sal, pouco açúcar. Consumir azeite de oliva, muita fruta, verdura e legumes. Fibras, leguminosas (lembrando que, leguminosas não são legumes).

E verifique sempre o colesterol e pressão arterial. Não fume nem fique próximo a quem fuma. Reduza o stress, pratique esporte, faça exercícios diários.




 

CUIDE BEM DO SEU CORAÇÃO

Hoje em dia, as doenças cardiovasculares, são uma preocupação mundial. São elas as causadoras de grande número de mortes, principalmente nas grandes cidades.

Já é prioridade para muitos governos e toda a população mundial, a prevenção destas doenças.

Estudos comprovam que, quem sofre ataque cardíaco apresenta um ou mais fatores de risco:

-Hipertensão Arterial

-Tabagismo

-Diabetes

-Colesterol aumentado

-Stress

-Fatores Genéticos

-Obesidade

-Sedentarismo

Cada vez mais, a Hipertensão Arterial é associada a ataques cardíacos e derrames cerebrais. E quando a Hipertensão está associada à obesidade, tabagismo e outros fatores de risco, o infarto do miocárdio multiplica-se várias vezes.

O fumo é o mais grave. O maior inimigo do coração. Está ligado à maior incidência das doenças das artérias coronárias. Sem mencionar os outros males causados pelo fumo. Este deve ser o primeiro a ser banido de nosso dia-a-dia.

O colesterol é outro grande vilão, nos dias atuais. Com o aumento dos níveis de colesterol, surge a obstrução das artérias coronárias chamadas de “aterosclerose”, levando ao surgimento de Angina Pectoris, Infarto do Miocárdio e Morte súbita.

É de suma importância, saber os níveis de colesterol sanguíneo que circula em nosso organismo. Abaixo de 200mg% está normal. Acima de 240mg% já é risco.

O outro fator determinante é o stress. Conhecido como mal da vida moderna, o stress faz surgir ou agravar os problemas no coração. Na correria dos dias de hoje, se não podemos afastar o stress de nosso convívio precisamos aprender a lidar com ele. Ser determinado para ter lazer, descanso, convívio social e familiar. Exercícios ao ar livre, caminhadas, tudo isto é fundamental.

A obesidade que é tratada como problema de estética precisa ser eliminada principalmente, pelos riscos que provoca. Dieta, exercícios, tudo com ponderação, mas com perseverança. Independente de sua causa, a obesidade deve receber toda a atenção e cada caso deve receber orientação correta.

A Organização Mundial de Saúde decretou combate ao sedentarismo como fator da mais alta prioridade. A vida sedentária é o primeiro passo para a obesidade, para a aterosclerose e doenças a ela relacionadas. A atitude de cada é um fundamental para ter uma vida sem sedentarismo.

Hoje já se sabe que, o surgimento de diabetes em adultos está associado ao aumento das doenças cardiovasculares. Sendo assim, a prevenção e tratamento é fator decisivo para evitar doenças cardiovasculares.

E o fator genético também não pode ser esquecido. Se pai, avô, etc., sofriam do coração, você tem predisposição ao problema. Não obrigatoriamente, mas é sempre bom manter os exames atualizados.

A alimentação é uma grande ajuda, pouco sal, pouco açúcar. Consumir azeite de oliva, muita fruta, verdura e legumes. Fibras, leguminosas (lembrando que, leguminosas não são legumes).

E verifique sempre o colesterol e pressão arterial. Não fume nem fique próximo a quem fuma. Reduza o stress, pratique esporte, faça exercícios diários.










Deixe seu Comentário »