web analytics

Beterraba para desintoxicar o fígado

     

Benefícios da Beterraba: O fígado é um órgão que elimina toxinas e outras substâncias nocivas ao corpo, permitindo que o organismo funcione sem experimentar muitas doenças e outros efeitos colaterais prejudiciais que essas toxinas podem causar.

Por esta razão, é crucial que os indivíduos periodicamente façam uma desintoxicação do fígado. Um dos mais eficazes desintoxicantes do fígado além de ser um alimento natural é a beterraba.

A beterraba tem sido usada para combater toxinas do fígado e aumentar o nível geral de saúde dos indivíduos por muitos anos, e ela pode ser facilmente integrada em nossa dieta para manter a fígado trabalhando em um nível ideal. Beterrabas são benéficas para a saúde por muitas razões, como elas são um vegetal altamente antioxidante e ainda contém uma série de substâncias importantes, incluindo: betaína, betalaínas, fibra, Ferro, betacianina, folato e betanina. Esta substância em particular é também dito por alguns para diminuir o risco de doenças da artéria coronária e cerebral, uma vez que reduz a inflamação no corpo, permitindo que os vários sistemas funcionem sem interrupção.

 

Benefícios da Beterraba

Beterraba para desintoxicar o fígado

Beterraba para desintoxicar o fígado

Pectina, que é uma fibra encontrada na beterraba, podendo também ajudar a limpar as toxinas para serem retirados do fígado, permitindo que elas (toxinas) sejam levadas para fora do sistema em vez de serem reabsorvidas pelo corpo.

Devido a esta propriedade, muitos profissionais da área médica incentivam as pessoas a comerem a beterraba crua, para que estas fibras possam ser ingeridas o mais completamente possível.

Isso não é difícil, uma vez que podem ser cozidas, raladas, ou torradas, bem como comida sozinha ou incorporada a outros pratos.

No entanto, o suco de beterraba pode ser altamente benéfico, pois permite que a betaína permaneça intacta.

Beterraba para desintoxicar o fígado 2

Beterraba para desintoxicar o fígado 2

Betaína é a substância que estimula as células do fígado para se livrar de toxinas. Além disso, a betaína age para proteger os dutos do fígado e bílis, que são importantes para o fígado funcionar corretamente.

Além disso, a beterraba tem sido associada à cura do fígado, diminuição da homocisteína, uma melhora na produção de ácido do estômago, prevenção da formação de radicais livres no LDL, e a prevenção de câncer de pulmão, fígado, pele, baço e câncer de cólon.

Embora estes benefícios para saúde não estejam diretamente ligados à desintoxicação do fígado, eles permitem ao corpo como um todo trabalhar com mais eficiência. Porque os sistemas do corpo estão todos interligados e dependem um do outro para funcionar corretamente, isso indiretamente afeta a capacidade do fígado de se livrar de toxinas e continuar a trabalhar em um nível ideal.

A dose recomendada de beterraba varia de acordo com cada pessoa, então o melhor caminho a percorrer seria integrá-las em uma dieta e começar o dia com suco de beterraba em vez de café, você poderá adicionar beterraba ralada em saladas e outros pratos se forem o caso, e incluir uma beterraba cozida ou assada no seu jantar o mais rápido possível.

Pessoas que estão procurando uma maneira natural de melhorar a saúde de seu fígado e aumentar o seu vigor de uma forma geral irão descobrir rapidamente que a incorporação de beterraba em sua dieta lhes permitirá ter um funcionamento a um nível mais eficiente isso porque a beterraba contém muitas substâncias importantes para a nossa saúde.

Integrar a beterraba a nossa dieta irá causar uma melhoria acentuada na saúde do fígado e bem-estar geral.

Experimente e você só vai acrescentar benefícios à sua saúde.

3 Comments »

  1. erica 18 de janeiro de 2014 às 13:40 -


    Essa matéria me ajudou muito já tinha ouvido falar da beterraba mas não de forma tao esclarecedora.

  2. antonionventura 14 de setembro de 2011 às 6:57 -


    Thais.

    Fique a vontade, estaremos sempre aqui para poder contribuir com o que for necessário.

    Um forte abraço.

    Antônio Ventura

  3. Thais Morais 9 de setembro de 2011 às 22:37 -


    Oi Boa noite.
    Eu gostaria de saber o nome do autor dessa matéria primeiramente pra agradece-lo pelas informações tão esclarecedoras, e segundo pois gostaria de te-lo como referência.

    Desde já agradeço.

    Thais.

Deixe seu Comentário »