web analytics

A onda dos livros eletrônicos chega ao Brasil

     

No site Amazon, as vendas dos livros digitais “Eletrônicos” já ultrapassou a dos livros impressos, já aqui no Brasil, os livros impressos ainda garantem o seu espaço. Mas em 2012, tudo isso pode mudar. A Amazon é a maior livraria online do mundo, e nela, os livros eletrônicos (conhecidos como ebooks) ganham a vez.

Esse aumento de vendas é inédito, desde o lançamento do Kindle em 2007, o tablet que serve como plataforma de leitura. O aparelho é muito prático, pequeno e leve, não cansa a vista e é perfeito para viagens longas, e graças a ele, milhares de obras podem ocupar um mesmo espaço.

 O preço influenciou muito no aumento das vendas, já que os e-books custam uma média de US$9, enquanto a mesma versão, mas em papel, sai pelo menos 50% a mais. Entretanto, essa mania digital ainda não pegou aqui no Brasil, apesar do inesperado crescimento de leitores (uma média de 150% a mais nessa última década, segundo o Sindicato Nacional dos Editores de Livros, o Snel).

 

livros eletrônicos

livros eletrônicos

Há também poucos pontos de vendas de tatabletes para leituras, e os impressos aproveitam para continuar dominando o mercado editorial.

livros eletrônicos 2

livros eletrônicos 2

Em 2012 o cenário promete virar, já que a Amazon anunciou desembarcar no país com toda força.

A empresa já começou a contratar grandes editoras brasileiras, e pretende lançar, em parceria, centenas de livros digitais.

Por causa disso, é bem provável que a venda do Kindle também aumente, aproveitando a nova onda, e ainda surgindo em versões diferenciadas: uma com wi-fi e a outra, 3G.


O deleite dos leitores será indescritível.

Deixe seu Comentário »