Atualidades

Lei Seca – Lei Besta


Lei Seca para viver. Ao menos se estes irresponsáveis batessem seus carros em um barranco e morressem sozinhos. Mas matam pessoas inocentes e na maioria das vezes, eles saem ilesos.

Virou lei, para salvar vidas.

Lei que, como tantas e tantas outras leis, caíram no esquecimento. No início só se ouvia falar nisto.Na televisão, os telejornais voltavam todas suas câmeras para as estradas, para o trânsito.

Pessoas sendo presas, irresponsáveis sem a menor condição de dirigir sendo algemados. Quantas pessoas se sentiram aliviadas com estas cenas. Pensaram: “Finalmente, este Brasil está tomando jeito”. Mas foi só fogo de palha. Cadê a lei seca? O que estão fazendo quanto aos irresponsáveis que tiram vidas indiscriminadamente pelas ruas de nossas cidades?

Um copo de cerveja demora cerca de 6 horas para ser eliminado pelo organismo. E uma dose de uísque, que é mais forte que a cerveja demora bem mais que 6 horas.

 

Lei Seca - Lei Besta
Lei Seca – Lei Besta

Quem, depois de tomar umas e outras no barzinho, fica bonzinho no local, por 6 horas, esperando?

Estes assassinos entram em sua máquina de matar e matam mesmo.

Matam jovens, matam crianças, pais de famílias, mães, trabalhadores, aposentados.

 

MATAM! MATAM SEM DÓ!

Mas coitados, não têm culpa, no momento do assassinato eles estavam embriagados. Coitadinhos, deixa-os irem então, curtir sua ressaca em casa, a família do morto que se vire com aquele corpo jogado no chão.

Lei Seca - Lei Besta 2
Lei Seca – Lei Besta 2

Esta lei seca, serve para inflacionar as propinas pagas?
Recentemente tivemos uma ação criminal contra um motorista. Flagrado dirigindo bêbado ao extremo.

Este motorista se recusou a fazer tanto o teste do bafômetro como também o exame de sangue.

E para comprovar a embriagues, é preciso a realização de exames. Mas ele se negou a fazê-los, partindo do princípio estabelecido na Constituição de que ninguém é obrigado a produzir provas contra si.

 

E agora? Estão autorizados a matar pela nossa Carta Magna.

É uma verdadeira indústria de dinheiro. Nada de decisões eficazes, decisões que venham a beneficiar a população, decisões que criam uma nova metodologia entre os brasileiros, uma nova cultura que é implantada hoje entre nós e se alastrará pelas próximas gerações.

Deve-se plantar a sementinha do respeito nas pessoas, respeito a quem está trabalhando enquanto você está bebendo, respeito a quem está dormindo enquanto você está farreando, respeito a quem está caminhando pelas ruas enquanto você dirige embriagado.

Mas nada disso é surpresa. Nas eleições, como vimos recentemente, a conduta dos candidatos para chegarem ao cargo pretendido nos mostra claramente a laia a que pertencem.

O bate-boca entre um candidato e outro nos deixa claro o nível destas pessoas. E nós, vamos às urnas e vamos votar nestes medíocres, nestes incapazes, nestes incompetentes, mesquinhos…

E depois vamos reclamar de quê? Vamos reclamar de quem?

Vamos reclamar de nós mesmos, incompetentes, que não sabemos escolher.

               

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *