Atualidades

Diferença entre: O Presidente do Brasil e o Tiririca


Dilma, Serra, Tiririca… O que faz uma pessoa estar apta a ocupar um cargo de presidente, ou deputado, ou senador. O presidente tem as funções de chefe de Estado e de Governo. O chefe de Estado tem o poder de iniciar uma guerra, sancionar e publicar leis e decretar a intervenção nos estados.

Como chefe de governo, emite decretos e regulamentos para a execução de leis federais, nomeia e demite pessoas em cargos importantes, por exemplo, os comandantes das Forças Armadas, Ministros e o presidente do Banco Central.

Então, vendo as propagandas políticas, eu pensei: “E se eu quiser ser presidente do Brasil?”

O que eu devo fazer para ser presidente do Brasil? Devo ter bons ideais. Ter ideias, projetos, planos que irão melhorar o país? Devo ter um bom inglês, um bom espanhol? Devo ter conhecimento de todo o país, sua geografia, os costumes de cada região, as dificuldades de cada estado? Devo conhecer profundamente o caos na saúde e ter propostas concretas para resolver o problema?

 

DIFERENÇA ENTRE O PRESIDENTE E O PALHAÇO

O Presidente do Brasil e o Tiririca
O Presidente do Brasil e o Tiririca

O que eu devo fazer para ser presidente do Brasil? Primeiramente eu precisarei ser uma pessoa que baixa a cabeça e se deixa ser mandado. Isto mesmo! Porque eu vou precisar me filiar a um partido.

E bastará eu me filiar a um partido e dizer ao presidente do partido: “me lance como candidato a presidente da república”! Se faço isto, sou expulso do partido no mesmo instante.

Precisarei me filiar a um partido. E este partido é que decidirá quem será o candidato a presidente.

E quem será o escolhido? Aquele que tiver bons ideais, tiver ideias, projetos e planos para melhorar o país, e tudo mais que já foi dito aqui? Não! Será escolhido aquele que, na presidência representar o partido.

Traduzindo em miúdos, alguém que na cadeira de presidente, cumpra as ordens do partido. Falando em bom português, alguém que seja um marionete.

Então não preciso de ideais, não preciso de projetos, não preciso de conhecimentos, basta eu fazer o que o partido mandar. Então, serei um forte candidato. O partido cuida de tudo, marketing, arrecadações, tudo. Eu só precisarei saber sorrir, abraçar crianças, idosos e pobres.

Precisarei aprender a ficar calado quanto às minhas vontades. Não poderei ter vontade própria, nem tomar decisões que achar corretas. O partido fará tudo por mim, eu só terei que cumprir.

Para os milhões gastos na campanha, pessoas interessadas em um bom investimento, farão as ‘doações’. Depois de eleito, precisarei aprender a ser cego e mudo, quando estes ‘investidores’ forem reembolsados.

Então, por que toda esta polêmica, quanto ao Tiririca? Se o que ele vai fazer é o mesmo que o presidente faz, cumprir ordens.

Claro que tanto o presidente, quanto o deputado, o senador, o vereador, terão seus momentos de “liberdade”, onde poderão dar uma entrevista, aprovar uma lei, criar uma lei, mas tudo muito bem vigiado, para não fazerem nada que prejudique a imagem do partido, a imagem dos ‘investidores’.

Não vejo diferença entre o presidente do Brasil e o Tiririca, ambos são palhaços.

Aliás, eu vejo uma diferença entre o presidente e o Tiririca:

O presidente é um palhaço no sentido de ser um otário, ou algum outro sinônimo. O Tiririca é um palhaço no sentido de pessoa que faz graça para outros rirem. Um profissional do circo, uma pessoa digna.

               

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *