Nutrição & Saúde

Alimentos para Aumentar a Testosterona


Testosterona é um hormônio vital para a saúde do homem e da mulher, alguns alimentos podem ajudar a aumentar a sua produção.

Alimentos que contribuem para o aumento desse Hormônio. 

A testosterona é um hormônio masculino, que desempenha um papel vital na saúde do homem e de sua sexualidade.

A sua produção é dependente de zinco e vitamina B e, embora ele não seja encontrado diretamente no alimento que comemos, certos alimentos podem levar o organismo a produzir mais do mesmo. A testosterona é muito importante para ambos, homens e mulheres. No entanto, os homens produzem cerca de 40 a 60 vezes mais testosterona que as mulheres. Normalmente, os níveis de testosterona em homens é de cerca de 30% maior no período da manhã do que durante a noite. Esse hormônio influencia a agressividade, o crescimento de pelos e o desempenho sexual.

 

Testosterona o Hormônio masculino.

Alimentos para aumentar a Testosterona

O efeito dos hormônios na personalidade das mulheres é bem conhecido, principalmente na fase da TPM.

Isto pode explicar porque os homens estão mais interessados em sexo no período da manhã e é por isso que pela manhã ocorrem ereções espontâneas.

 

 

Aumento da varonilidade Naturalmente com testosterona.

Baixo nível de testosterona diminui a libido, aumenta a perda de músculos e da densidade óssea, mas o mais importante, ela aumenta o risco de doença cardiovascular. Entre 8-12 milhões de homens têm baixos níveis de testosterona.

Aumentar-Testosterona
Aumentar-Testosterona

Evite a impotência com alimentos que aumentam a produção de testosterona.

Adicionando alguns dos seguintes alimentos para sua dieta diária pode aumentar seus níveis de testosterona, em longo prazo.

Estes alimentos são também conhecidos como alimentos naturais para a libido, potenciadores ou afrodisíacos e pode ser utilizado tanto para homens e mulheres.

 

 

Alimentos que aumentam a produção de testosterona e como eles trabalham.

 

Ostras

Ostras
Ostras

Ostras têm um alto teor de zinco, que aumenta a produção de testosterona e esperma. O zinco é essencial para muitos processos que afetam o corpo, ela ajuda a construir novas células, estimular o sistema imunológico, promove o crescimento, alerta mental, auxilia no bom funcionamento cerebral e desempenha um papel ativo na saúde do sistema reprodutores masculino e femininos, que lhe dará testosterona suficiente.

Ostras frescas são mais bem comidas cruas. Elas também são uma boa fonte de magnésio e fósforo, e uma excelente fonte de proteínas, vitamina D, vitamina B12, ferro, cobre, manganês e selênio.

 

Peixes oleosos

Salmão
Salmão

Gorduras essenciais como o ômega 3 ácidos graxos encontrados nos peixes e linhaça, bem como gorduras saturadas são essenciais para a produção normal de testosterona.

O salmão e a sardinha como outra boa fonte de vitaminas B B5, B6, B12, que são todos importantes para manter boa saúde reprodutiva. Salmão também é uma grande fonte de vitamina A e zinco.

 

Bananas

Bananas
Bananas

As bananas são boas porque são ricas em potássio e vitaminas B como riboflavina que são necessárias para produção de testosterona.

Bananas também contêm a enzima Bromelain que é tido como para aumentar a libido masculina.

A banana triturada em liquidificador é uma ótima maneira de introduzir as bananas em sua dieta diária. O suco é delicioso com uma consistência cremosa.

 

Abacates

Abacate
Abacate

Abacates contem vitamina B6, importante no aumento da produção hormonal do sexo masculino e têm níveis elevados de ácido fólico, que ajuda a metabolizar proteínas para manter nervos e a pele saudável.

Além disso, dispõe também o abacate de potássio que auxilia na regulação da glândula tireóide que pode ajudar no aumento da libido masculina.

Outros benefícios nutricionais encontrados nos abacates são, ácido fólico, vitaminas B, e vitamina E. O abacate é praticamente a única fruta que tem gorduras mono.

Outras fontes de vitamina B6 são bananas, framboesas, melancia, pimentão e couve de Bruxelas.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *