web analytics

Alcoolismo Genético

Todos nós sabemos das reações que o álcool pode causar no organismo humano. O Alcoolismo interfere no equilíbrio do corpo e até na concentração do indivíduo, mesmo em pequenas quantidades. Mas especialistas comprovam que a bebida também influencia o organismo de outras formas.

Especialistas afirmam que há fatores biológicos no organismo humano que fazem com que uma pessoa possa ter mais tendências à bebida do que a outra, e é a genética a principal responsável.

Há pessoas que tem maior facilidade para digerir e metabolizar o álcool, e com o tempo, o corpo vai ficando cada vez mais tolerante, na medida que o consumo de álcool aumenta, e isso só faz com que a pessoa busque doses cada vez maiores e mais frequentes. Fatores psicológicos e sociais também ajudam a fortalecer esse gene. É como se ele fosse ativado pelos sentimentos, e uma vez dependente do álcool, pode desencadear doenças mentais, como a depressão, transtorno bipolar e até mesmo síndrome do pânico.

 

Alcoolismo Genético

Alcoolismo Genético

 

Se o convívio pessoal desse mesmo indivíduo for negativo, as consequências do consumo podem ainda se agravar, trazendo ao consumidor hábitos violentos, acomodação ao desemprego, absenteísmo, entre outros.

 

O ALCOOLISMO PREJUDICA EM MUITO O CORPO HUMANO.



Ele age diretamente no Sistema Nervoso, ataca os órgãos, como o fígado, o coração, os vasos e a parede do estômago, além de provocar os conhecidos “blackouts” alcoólicos, déficits cognitivos temporários e prejuízos no processo de aprendizado da memória.

Alcoolismo Genético 2

Alcoolismo Genético 2

Estudos ainda apontam que a dependência alcoólica pode começar na infância. As estatísticas da Secretaria de Saúde de São Paulo revelam que 40% dos adolescentes e 16% dos adultos que procuram auxílio ou tratamento para o alcoolismo, experimentaram bebidas alcoólicas antes mesmo dos 11 anos de idade.

Esses jovens comprovaram a presença de doenças e lesões também causadas pelo uso do álcool e por transtornos relacionados. Tais doenças se encontram numa lista de mais de 60 delas, todas relacionadas ao alcoolismo.

 

EM EXCESSO A BEBIDA FAZ MUITO MAL À SAÚDE.

Elas são calóricas e engordam muito, trazendo ao consumidor a facilidade para a obesidade, e doenças como a diabetes, por exemplo.

Quem é hipertenso deve tomar muito cuidado, pois o álcool interfere em alguns medicamentos, desidrata, e é o pior inimigo dos que tem pressão alta. Portanto, fique atento.





Deixe seu Comentário »