Doenças e Enfermidades

Infertilidade Primária como Encontrar a Solução


Infertilidade primária descreve casais que nunca conseguiram engravidar depois de pelo menos um ano de relações sexuais desprotegidas (relação sexual). Infertilidade secundária descreve casais que estiveram grávidos pelo menos uma vez, mas não foram capazes de engravidar novamente.

Causas, incidência e risco da Infertilidade Feminina

As causas da infertilidade incluem uma ampla gama de fatores físicos e emocionais.

A infertilidade do casal pode ser devido a fatores do sexo feminino, fatores masculinos, ou ambos. Infertilidade feminina pode ser devido a: Problemas com um óvulo fertilizado ou embrião ser capaz de sobreviver, uma vez que está ligada ao revestimento do útero. Problemas com os ovos ser capaz de anexar ao revestimento do útero. Problemas com os ovos sendo capaz de mover-se do ovário para o útero. Problemas com o ovário produzir ovos.

 

Infertilidade feminina pode ser causada por:

Doenças auto-imunes, como a síndrome antifosfolípide (SAF)

Distúrbios da coagulação.
Defeitos do útero e do colo do útero (miomas ou miomas, pólipos, defeitos de nascimento).
Exercício excessivo, distúrbios alimentares.

A exposição a certos medicamentos ou toxinas.
O uso pesado de álcool.
Desequilíbrio hormonal ou deficiências.

  • A longo prazo (crônica) da doença, como diabetes

Obesidade

Cistos ovarianos e síndrome dos ovários policísticos (SOP)

Infecção pélvica ou doença inflamatória pélvica (DIP)

Cicatrizes de doenças sexualmente transmissíveis ou endometriose

Tumor

 

Infertilidade Masculina.

A infertilidade masculina pode ser causada por:

  • A diminuição no número de espermatozóides.
  • Esperma sendo impedido de ser lançado.
  • Esperma que não funcionam corretamente.
  • Os poluentes ambientais.
  • A exposição ao calor elevado durante períodos prolongados.
  • As anomalias genéticas.
  • O uso pesado de álcool, maconha ou cocaína.
  • Deficiência de hormônio ou tomando muito de um hormônio.
  • Impotência.
  • Infecções dos testículos ou epidídimo.
  • A idade.
  • Quimioterapia anterior.
  • Cicatriz anterior devido à infecção (incluindo doenças sexualmente transmissíveis), trauma ou cirurgia.
  • A exposição de radiação.
  • A ejaculação retrógrada.
  • Fumar.
  • A cirurgia ou trauma.
  • Uso de medicamentos prescritos, como a cimetidina, espironolactona, e nitrofurantoína.

Em ambos os casais saudáveis com idade inferior a 30 anos, fazendo sexo regularmente, a chance de engravidar é de apenas 25 – 30% por mês. O pico de fertilidade da mulher ocorre em seu 20 anos.

 

Infertilidade Feminina
Infertilidade Feminina

Conforme a idade avança além do 35 (e especialmente após a idade 40), a probabilidade de engravidar cai para menos de 10% ao mês.

Quando procurar ajuda para a infertilidade depende de sua idade.

Para as mulheres com idade inferior a 30, é geralmente recomendado tentar engravidar por pelo menos um ano antes de procurar o teste.

 

 

Sintomas

O sintoma físico da infertilidade é a incapacidade de engravidar.

A infertilidade pode trazer uma série de emoções dolorosas em um ou ambos os membros do casal. Em geral, tendo pelo menos uma criança já tende a suavizar essas emoções dolorosas.

 

Sinais e exames

Uma história médica completa e exame físico de ambos os parceiros é essencial.


Os testes podem incluir:

Para as mulheres:

  • Níveis hormonais
  • Muco cervical para detectar a ovulação
  • Histerossalpingografia (HSG)
  • Ultra-som pélvico
  • A laparoscopia (especialmente se houver suspeita de endometriose)
  • Teste de urina hormônio luteinizante
  • Exame pélvico
  • Progesterona sérica
  • Temperatura para verificar a ovulação (gráficos de temperatura basal do corpo)

Para os homens:

  • O espermograma
  • Biópsia testicular (raramente realizado)

Tratamento

Aumente sua chance de engravidar a cada mês tendo relações sexuais pelo menos a cada três dias nas semanas que antecederam a chegada e durante o tempo esperado de ovulação.

A ovulação ocorre cerca de duas semanas antes do início do período seguinte. Assim, se você começa seu período a cada 28 dias, você deve ter relações sexuais pelo menos a cada 3 dias entre os dias 7 e 18 depois que você começa seu período.

 

O tratamento depende da causa da infertilidade. Pode envolver:

  • Educação e aconselhamento
  • Procedimentos médicos tais como a inseminação intra-uterina (IIU) e a fertilização in vitro (FIV)
  • Medicamentos para tratar infecções e distúrbios de coagulação, ou promover a ovulação

É importante reconhecer e discutir o impacto emocional que a infertilidade tem sobre você e seu parceiro, e procurar aconselhamento médico.

 

Grupos de Apoio

Muitas empresas fornecem apoio informal e encaminhamentos para aconselhamento profissional.

 

Expectativas (prognóstico)

A causa pode ser determinada por cerca de 80 – 85% dos casais inférteis.

Recebendo o tratamento adequado (não incluindo as técnicas avançadas, como a fertilização in vitro), a gravidez ocorre em 50 – 60% dos casais que eram inférteis.

Sem nenhum tratamento, 15 – 20% dos casais diagnosticados como inférteis acabará por ficar “grávido”.

 

Complicações

Embora a infertilidade em si não cause a doença física, pode ter um grande impacto emocional sobre os casais e indivíduos que afeta.

Casais podem ter problemas com seu casamento. Os indivíduos podem sofrer de depressão e ansiedade.

Marque uma consulta com seu médico se você não conseguir engravidar.

 

Prevenção

Porque as doenças sexualmente transmissíveis (DST), muitas vezes causem infertilidade, praticar comportamentos sexuais mais seguros pode minimizar o risco. Gonorreia e clamídia são as duas causas mais comuns de infertilidade.

Algumas formas de controle da natalidade, como o dispositivo intra-uterino (DIU), implicam um risco para a infecção pélvica, especialmente em mulheres com mais de um parceiro sexual e doenças sexualmente transmissíveis, quando ocorrer.

Manter uma dieta saudável, peso e estilo de vida para otimizar suas chances de engravidar e ter uma gravidez saudável.

Lembre-se de assumir qualquer pré-natal ou multivitamínicos contendo ácido fólico, enquanto você está tentando engravidar, para diminuir o risco de aborto e anomalias fetais. Edição: Antônio Ventura    Em: Doenças e Enfermidades

               

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *