Economia & Finanças

Como Conseguir Empréstimo e usar o Dinheiro com Sabedoria


O que devemos fazer quando pegamos aquele empréstimo e estamos atolados em dívidas? Aprenda a usar esse dinheiro.

Em primeiro lugar devemos Criar Metas

Primeiro precisamos criar metas e fazer o possível para atingi-las. Na maioria das vezes quando atingimos esse local: (fundo do poço) já não nos resta mais nada, nem mesmo crédito, nossa auto-estima fica lá embaixo.

Você deverá observar que assim que der o primeiro passo sua mente começará a se acalmar, lhe trazendo um pouco de tranqüilidade, pois só assim teremos pensamentos melhores e saberemos como prosseguir para ficar livre desse tormento. Faça uma análise detalhada de todas as suas dívidas, cartões de crédito e dívidas de bancos como cheque especial, dívidas de lojas. Tudo muito detalhado para saber o valor necessário do empréstimo a ser contraído. O passo importante é você verificar o valor líquido do seu salário mensal e só usar 30 ou 40% para ser comprometido com esse empréstimo, pois apesar de suas dívidas estarem te atormentando a vida continua.

 

COMO ADMINISTRAR O DINHEIRO DO EMPRÉSTIMO (PARTE I)

Acredito que todas as pessoas já passaram por situações parecidas:

1 – Deixar de pagar o cartão de crédito, e isso vira uma bola de neve.
2 – Pegamos aquele dinheiro do cheque especial e ele vira pó em nossas mãos sem, contudo resolver a situação.
3 – As dívidas se acumulam e começamos a perder o controle da situação.
Pois bem, se usarmos de um pouco de sabedoria poderemos dar a volta por cima. Isso pode levar um pouco de tempo? Sim, mas precisamos tomar a iniciativa e dar o primeiro passo nessa direção se quisermos alcançar a tranqüilidade em relação às dívidas.

 

Vamos lá:

Não se esqueça, esses 60% que sobram do seu salário líquido são para você continuar levando sua vida com alimentação, vestuário e divertimento, pois ninguém é de ferro.

Ter uma só dívida é melhor que ter 10 dívidas.

 

Como usar o Dinheiro do Empréstimo
Como usar o Dinheiro do Empréstimo

Consulte entre os bancos e corretoras de empréstimos como: BMG, Losango, Fininvest, Bradesco, Caixa e vários outros, e veja qual irá lhe oferecer um empréstimo com juros menores, isso irá lhe favorecer nos valores das parcelas.

Importante:

O nosso objetivo será ter somente uma dívida apagar assim você terá mais tranqüilidade e um ponto fixo para direcionar sua atenção. Devemos fazer essa dívida com critério, caso contrário ela se tornará mais uma dor de cabeça em nossa vida.

1 – Faça contato com todos os seus credores, tente negociar a suas dívidas de forma que elas tenham o mesmo número de parcelas ou número inferior ao do empréstimo a ser contraído.

2 – Avalie todos os cartões de crédito, congele todos eles após a negociação. Deixe somente um para uma necessidade urgente.

3 – Quite as dívidas mais urgentes e que tenham juros maiores como cheque especial e cartões de crédito. Os juros dos cartões e bancos são exorbitantes e corroem suas finanças de forma espantosa.  Fique livre deles o mais rápido que puder.

4 – Se você possui muitas dívidas e o valor do empréstimo a ser conseguido é muito grande, ultrapassando os 30 ou 40% do seu salário, congele as dívidas menos importantes e que tenham juros menores, assim que for eliminando uma você irá negociar a outra. Uma de cada vez até se livrar de todas elas.

5 – Não faça acordo na primeira ligação de cobrança em qualquer que seja o caso, cartões bancos ou lojas. Antes de aceitar faça o levantamento do seu orçamento, pois quando há qualquer acordo ali já estarão embutidos os juros do acordo.

 

Fique atento comece a trabalhar com sabedoria com o seu dinheiro.

Como usar o Dinheiro do Empréstimo 1
Como usar o Dinheiro do Empréstimo 1

Nota importante:

Todo credor fará o possível para receber o que você está devendo e farão qualquer acordo para receber. Para eles é melhor fazer um acordo amigável do que não receber a dívida (levar o cano).

O mais importante nesse momento é você ter a cabeça tranqüila para fazer boas negociações.

Em muitas dívidas alguns credores retiram os juros embutidos e fazem acordos para receber só o capital da dívida, para eles é mais importante do que não receber nada e deixar a dívida prescrever.

Aconselho a ler o artigo Aprendendo sobre economia onde você aprenderá a administrar o seu dinheiro e também como ter um controle sobre o fruto do seu trabalho.

 

Conclusão:

Existe um momento em nossas vidas onde perdemos o controle das nossas finanças. Parece que soltamos as rédeas, quando nos damos por conta aquilo já se transformou num monstro horrível que nos tira o sossego e até o sono.

Procure ter calma para administrar essa situação. Você não é o único, isso acontece com quase todas as pessoas.

Com muita cautela faremos um empréstimo e com esse dinheiro colocaremos um pouco de ordem na casa.

Ter uma boa administração financeira é fundamental para nossa tranqüilidade, nossa e daqueles que estão próximos de nós.

Ponha em prática o que lhe foi dito, colha os frutos da sua perseverança nessa meta e o seu bolso lhe agradecerá. Existem alguns investimentos lhe esperando.

Ao dar o primeiro passo você se sentirá uma pessoa diferente, sentirá como se estivesse tirando um enorme peso dos seus ombros.

“Cautela e caldo de galinha não faz mal a ninguém”.
.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *